quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Suspeito de abusar grávida no TI Macaxeira é liberado pela Justiça

Por TV Jornal
TV Jornal / Reprodução
Um homem suspeito de abusar de uma grávida de 4 meses dentro de um ônibus, no Terminal Integrado da Macaxeira, foi liberado durante audiência de Custódia. A determinação do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) ocorreu na manhã desta quarta-feira (6), no Fórum do município de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. Ainda não se sabe por qual crime ele deve responder.
Uma mulher, grávida de 4 meses, foi abusada sexualmente dentro de um ônibus, no Terminal Integrado da Macaxeira, na Zona Norte do Recife. De acordo com a operadora de crédito de 27 anos, o agressor seria um ambulante de 23 anos, que estaria vendendo chicletes dentro do coletivo, na noite desta terça-feira (5). “Ele perguntou se eu queria (comprar o produto), eu respondi que não. O ônibus que a gente estava tem ar-condicionado e estava frio. Quando eu senti meu braço quente eu pensei que era a mão dele, mas não era. Ele estava esfregando a parte íntima em mim”, relatou.
Ainda segundo a vítima, ao perceber o abuso ela teria chamado a atenção do ambulante. “Eu comecei a gritar, ele foi se escondendo por baixo da mochila, falando que estava doida, que não tinha feito isso. Mas ele fez, não respeitou nem o fato de eu estar grávida”, desabafou. A operadora acredita que o homem pode ter ejaculado sobre ela. “Eu senti algo úmido, não sei se foi a ejaculação em si ou aquele primeiro líquido que sai, mas eu estava molhada sim”, comentou.
Durante o ocorrido o ônibus estaria com uma grande quantidade de passageiros, porém, segundo a gestante, eles não teriam percebido o abuso. “Esse ônibus que a gente pega na Macaxeira é muito cheio. Tinha outra gestante do meu lado, só que na janela. Eu estava sentada do lado do corredor”, comentou. Após a agressão, a vítima pediu ajuda aos vigilantes do terminal que prenderam o suspeito e o levaram para a delegacia de Camaragibe. O homem foi preso em flagrante e vai ser encaminhado para audiência de custódia.



PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário