quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Preso quarto suspeito de envolvimento na morte de estudante de direito


Por TV Jornal
Cortesia
A Polícia Militar prendeu, nessa terça-feira (5), o quarto suspeito de envolvimento no latrocínio do estudante de direito Edvaldo José Valença da Silveira Neto, de 21 anos. O jovem foi morto no centro de Goiana, Zona da Mata de Pernambuco, no dia 8 de agosto, quando quatro suspeitos tentaram roubar seu carro.
A prisão de Thiago Gomes da Silva, de 31 anos, aconteceu em Campina Grande, na Paraíba. Segundo a polícia, o suspeito estaria dentro do carro usado pelos suspeitos para abordar a vítima.
A polícia já havia prendido dois homem e apreendido um menor suspeitos de envolvimento no crime. Thiago Gomes da Silva, de 25 anos, foi preso horas após o assassinato. Já o menor, foi apreendido no dia seguinte. Rhavy Filipe Santos de Lacerda, de 20 anos, foi preso no dia 14 de agosto.

Mais um suspeito

A polícia Civil divulgou que identificou um quinto suspeito de participação no latrocínio. Ele foi identificado como Andresson da Silva Nogueira, de 19 anos, e está foragido.

Entenda o caso

Um jovem de 21 anos foi morto com um tiro no rosto durante uma tentativa de assalto na região central da cidade de Goiana, na Mata Norte de Pernambuco. Edvaldo José Valença da Silveira Neto dirigia um veículo quando foi abordado por suspeitos em uma motocicleta. As policias Civil e Militar de Pernambuco prenderam um homem suspeito do crime horas após o latrocínio e permanecem procurando outros envolvidos no crime.
O crime aconteceu durante a manhã na Avenida Marechal Deodoro da Fonseca. De acordo com a Polícia Civil, os criminosos dispararam contra o carro, fazendo que a vítima perdesse o controle do veículo que bateu em um poste.
A polícia afirma que o grupo formava uma quadrilha de furto de veículos e tráfico de drogas.


PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário