sábado, 2 de setembro de 2017

Mortes por tabagismo podem chegar a 7,5 mi por ano

Fonte: LeiaJá
Foto: Internet/Divulgação
Segundo o levantamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo. De acordo com o estudo, em 2020, o número de mortes causadas pelo hábito de fumar será de 7,5 milhões, sendo responsável por cerca de 16% de todas as mortes provocadas por doenças crônicas não transmissíveis. No Brasil, atualmente, 12,6% das mortes são por causa do tabagismo, sendo que 428 pessoas morrem por dia por causa do cigarro.
O tabagismo também é responsável por 78% dos cânceres de pulmão.
A Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2013 diz que 21,9 milhões (15%) de brasileiros maiores de 18 anos eram usuários de produtos derivados do tabaco. O uso de produtos de tabaco fumado era mais frequente do que o de produtos não fumados, como o rapé, sendo mais relevante o cigarro industrializado. E é na adolescência que, na maioria dos casos, o hábito é estabelecido, de acordo com o IBGE.
A Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE), de 2015, revelou que 18,4% dos alunos do 9º ano do ensino fundamental já haviam experimentado algum tipo de cigarro. Na mesma publicação, 26,2% dos estudantes tinham, pelo menos, um dos pais fumantes.
Nos últimos 10 anos, teve diminuição de 35% no número de usuários de produtos derivados do tabaco. Salvador é a cidade brasileira com menor prevalência do cigarro (5%), enquanto Curitiba tem o maior percentual de fumantes (14%).
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário