segunda-feira, 7 de agosto de 2017

PM visita vítimas e conta como evitou assalto, mesmo desarmada: 'O instinto é mais forte'

Por TV Jornal
Reprodução/TV Jornal
A soldado Manuele Silva, de 33 anos, que evitou um assalto a uma criança de 8 anos e um adolescente de 14, na Rua Paes Cabral, no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, visitou as vítimas na tarde deste domingo (6). A PM, mesmo desarmada, jogou o carro para cima dos suspeitos e entrou em lutar corporal com um dos assaltantes, que portava uma arma.
A ação de bravura ganhou repercussão e a policial resumiu como "instinto, por pensar em primeiro lugar nas crianças". "Eu não pensei em nada além da criança, só queria salvar ela. O instinto policial é mais forte. É algo que não tem como explicar", relatou Manuele Silva.
Em conversa com a repórter Amanda Rainheri, do JC, a policial contou como tudo aconteceu. Disse que estava indo para um restaurante encontrar o marido, quando percebeu a ação criminosa contra a criança e o adolescente, que voltavam do Catecismo.
"Eu estava de folga, tinha saído do cursinho... quando passei pela Rua Paes Cabral, vi os dois meninos sendo abordados pelo suspeito. Ele já tinha conseguido roubar o maior e estava tentando esfaquear o menor, de 8 anos. Aí eu não aguentei", detalhou.
A policial contou que botou o carro para cima e desceu para imobilizar o suspeito. "Desci do carro, peguei ele e joguei a faca para longe. Ele, então, começou a chamar por Lucas (Lucas Henrique da Silva, 20 anos), que chegou por trás, me suspendeu e me jogou para longe. Na mesma hora, levantei e continuei a perseguição".
Sobre a repercussão e o título de heroína, a policial Manuele Silva comentou que esse é o serviço dela (da instituição Polícia Militar): "Esse é o meu serviço como policial militar. É nisso que trabalho constantemente. Só quem é da área entende esse instinto", finalizou.
Renato Bezerra de Albuquerque Vieira, 23 anos, que portava uma arma e estava abordando as vítimas quando a policial apareceu, chegou a fugir mas foi detido por populares. Ele foi conduzido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Torrões com escoriações pelo corpo e, após receber alta, foi levado para a Central de Plantões da Capital, onde foi autuado por roubo.
O rapaz que ajudou Renato a fugir da imobilização da policial, Lucas Henrique, foi levado para a Central de Plantões e assinou um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) por ajudar na fuga de um criminoso.
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário