quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Pernambuco tem o melhor Ensino Médio do País, diz Idepe

Sala de aula
Sala de aulaFoto: reprodução/vídeo
Novos dados sobre a educação pernambucana foram divulgados durante a solenidade de premiação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Pernambuco (Idepe). Segundo os resultados, Pernambuco protagoniza por mais um ano o primeiro lugar de melhor Ensino Médio do País, conseguindo o total de quatro pontos, meio acima da média geral. Nos últimos 10 anos, o Estado vem logrando êxitos.
Pernambuco é visto como o que mais evoluiu em educação no Brasil. Além de ter saído da 21ª posição em 2007 para atingir a primeira em 2017, nos últimos anos diminuiu a taxa de abandono, que era de 24%, para um aluno em cada 100, redução de pelo menos 92%.

O Idepe também avalia a diferença entre escola pública e particular, em 2007 esta era de 2,6 pontos, agora é de apenas um ponto, sendo a menor diferença entre escola pública e escola privada do ensino médio em todo o País.
Dos 24 prêmios distribuídos pelo IDEPE, apenas dois foram destinados à Região Metropolitana. O Colégio de Aplicação do Recife foi o único representante desta área, em contraponto, o Sertão do Pajeú emplacou oito municípios dos dez selecionados. “A avaliação serve para isso, para sabermos a dificuldade de cada região”, afirma o governador Paulo Câmara.
“Estou feliz com os resultados que encontramos na Região Metropolitana. É uma das que apresentam maior desenvolvimento. Ainda está abaixo do que desejamos, mas mostra que o trabalho que está sendo feito, está surtindo resultado”, acrescentou.
O número maior do que a média nacional, e a atual situação econômica do Brasil, vem trazendo novos interessados para as escolas públicas. “A gente vem observando que, cada vez mais, os pais vêm acreditando nas escolas públicas”, relatou o secretário de Educação, Fred Amâncio. “Só neste ano, recebemos 23 mil estudantes advindos de escolas particulares. Esse número é maior do que a quantidade de habitantes de vários municípios pernambucanos.”
Brejinho é um exemplo destes lugares. O município, que conta com pouco mais de 7.000 habitantes, conquistou o primeiro lugar no prêmio IDEPE na categoria Anos Finais do Ensino Fundamental. “Brejinho é carente, mas é comprometido”, afirmou Tânia Maria dos Santos, prefeita da cidade.

FOLHA PE

PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário