sexta-feira, 25 de agosto de 2017

McDonald's é condenado a pagar indenização após cliente achar barata em lanche

Fonte:G1

Resultado de imagem para McDonald's é condenado a pagar indenização após cliente
O McDonald's foi condenado em segunda instância a pagar indenização por danos morais de R$ 10 mil a um cliente que encontrou uma barata dentro de um sanduíche adquirido na loja da rede no Shopping Mueller, em Curitiba.
O caso ocorreu em 5 de março de 2013. Na ocasião, João Carlos de Lima pediu três quarteirões com queijo para viagem, efetuou o pagamento e deixou o restaurante. No entanto, quando abriu um dos produtos mais tarde e passou a consumi-lo, sentiu um odor desagradável e constatou a existência do inseto grudado no lanche.
João Carlos enumerou ao UOL as atitudes que tomou antes de ingressar na Justiça contra a rede de fast-food: primeiro, ele retornou ao restaurante do shopping com o sanduíche em mãos e foi recebido pela proprietária, que lhe apresentou à cozinha do local, mas não assumiu a culpa pelo ocorrido.
"Chamei a responsável no canto, pois tinha mais pessoas na fila. Fui discreto inclusive. Fiquei inconformado com a forma que ela me tratou na hora. Fui pra casa com nojo daquilo tudo", afirmou ele.
Orientado por um advogado a seguir buscando uma solução amigável para o problema, ele voltou a procurar o estabelecimento e ouviu uma nova negativa, "sendo sugerido, inclusive, que teria sido o requerente quem colocou o inseto no produto e estava agindo de má-fé, buscando 'tirar dinheiro'", conforme descrito nos autos do processo.
Depois disso, o cliente compareceu à Delegacia de Crimes Contra a Economia e Proteção ao Consumidor de Curitiba (Delcon), que submeteu o sanduíche à perícia, ingressou com reclamação administrativa junto ao Procon (foi só aí que o restaurante reembolsou o valor do lanche) e ainda formulou queixa eletrônica no site "Reclame Aqui" – no qual o McDonald's disse que "entrou em contato telefônico com o consumidor a fim de apurar detalhadamente o ocorrido. Providências foram tomadas e o assunto totalmente esclarecido".
João Carlos, porém, afirma que o restaurante jamais o procurou e o deixou sem alternativas a não ser ajuizar a ação. "Esse processo deu-se somente por conta do descaso do McDonald's comigo", resume, inconformado com a alegação do restaurante de que ele teria colocado a barata no lanche para obter vantagens. "O que eu mais queria era provar que não fiz o que eles me acusaram e mostrar a eles que o errado ali não era eu".
Batalha judicial
O McDonald's acabou condenado em primeira instância a pagar R$ 20 mil de indenização por danos morais ao cliente em junho do ano passado, em sentença proferida pelo juiz Austregésilo Trevisan, da 17ª Vara Cível da capital paranaense, mas recorreu da decisão.
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário