sábado, 26 de agosto de 2017

Juiz decreta prisão de acusado de integrar máfia solto por Gilmar Mendes

Fonte:G1

Resultado de imagem para gilmar mendes
O juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal Federal, decretou novamente a prisão do ex-presidente do Detro (Departamento de Transportes do Rio de Janeiro) Rogério Onofre. 
Ele foi preso em julho na Operação Ponto Final, desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro que apura corrupção no setor de transporte no Estado, e havia sido libertado na última terça-feira (22) após um habeas corpus concedido pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes.
A Ponto Final afirma que o ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) recebeu do setor de transportes R$ 144,7 milhões entre 2010 e 2016. No mesmo período, Onofre, então presidente do Detro, teria recebido R$ 43,4 milhões, segundo investigações. 
A propina era paga com recursos de um caixa dois formado pela Fetranspor (Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro) a partir da arrecadação junto a 26 empresas de ônibus, que somou R$ 250 milhões entre 2013 e 2016.
Em novo pedido de prisão preventiva, o MPF (Ministério Público Federal) sustentou que Onofre fez ameaças a outros investigados da operação. A defesa do ex-diretor do Detro não foi localizada.
Juízes, integrantes da força-tarefa da Lava Jato do Rio de Janeiro e artistas participaram nesta quinta-feira (24) de ato na capital fluminense em apoio a Bretas ante declarações do ministro.
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário