terça-feira, 8 de agosto de 2017

Gestante é presa com quase 100 quilos de maconha dentro de casa

Por TV Jornal
TV Jornal / Reprodução
Uma gestante foi presa após com 96 kg de maconha, no bairro de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Segundo a polícia, Alice Ferreira da Silva, de 30 anos, escondia a droga de origem paraguaia, no quarto da casa dela, localizada na Rua Bela Vista. No espaço, também foram encontrados 1 Kg de pasta base de cocaína e um revólver calibre 38 com 3 munições. A mulher, que atua como promotora de vendas, está grávida de 3 meses.
De acordo com o delegado do Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), João Paulo de Andrade, esta é a maior apreensão de entorpecentes no Estado, em 2017. “Um traficante que a gente não conseguiu identificar deixou as drogas na casa dela e ela era responsável por fazer a entrega. Ela alegou que recebia dois mil reais por mês para armazenar a droga, e toda vez que ligavam, segundo ela, só entregava, mas não conhecia”, detalhou.
Além da gestante, também foram presas Estherfane Kerolaine Leite da Silva, de 22 anos, e Karine Meira Lima da Silva, de 18. Segundo o delegado, a dupla, que teria conseguido a droga com Alice Ferreira, estava transportando 2 quilos de maconha para o bairro de Marcos Freire, também em Jaboatão. “As outras duas foram só buscar a droga. Não houve pagamento, em espécie, efetuado por elas. Eram traficantes maiores que realizavam depósitos na conta de outros traficantes. Elas não mexiam com dinheiro”, afirmou.
O ajudante de pedreiro, Pedro Ferreira Costa Jr, de 22 anos, vizinho de Alice, também foi preso. Na casa dele, policiais do Denarc encontraram 49 gramas de crack e de maconha. Segundo as investigações, ficou comprovado que o homem recebia a droga da gestante por meio de um buraco feito na parede da residência dele.

PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário