quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Detento é executado dentro de Uber na PE-15, em Olinda

Crime aconteceu na avenida Pan Nordestina/rodovia PE-15, em Olinda
Crime aconteceu na avenida Pan Nordestina/rodovia PE-15, em OlindaFoto: Geraldo Moreira/Rádio Folha FM
Um detento da Penitenciária Agroindustrial São João, em Itamaracá, foi assassinado, na manhã desta quarta-feira (2), quando seguia em um Uber para uma clínica oftalmológica no Recife. O crime aconteceu por volta das 6h na avenida Pan Nordestina/rodovia PE-15, em Olinda, Região Metropolitana do Recife. O local do homicídio foi isolado e, por conta do horário, formou-se um grande engarrafamento no sentido Recife.
O carro em que a vítima estava, um Siena prata de placa PGC-8790, de Camaragibe, ficou repleto de marcas de tiros. De acordo com policiais do 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM), a vítima foi identificada como Joabe Caetano dos Santos, de 39 anos. Ele teria pego o Uber, em Itamaracá, junto com o também detento Gilvandro Pequeno da Silva, de 28 anos. No caminho, o veículo foi interceptado por um carro preto com quatro homens dentro.

Armados com espingarda calibre 12 e revólver .40, três deles desceram e efetuaram vários disparos contra o carro, atingindo Joabe. O motorista do Uber e Gilvandro conseguiram escapar sem ferimentos. 
Os policiais do 1º BPM informaram, ainda, que o motorista do aplicativo de transporte de passageiros costumava atender pessoas da penitenciária que precisavam se deslocar até o Recife. A polícia tenta encontrar câmeras de segurança que tenham registrado o homicídio e possam ajudar na elucidação do crime.
Por meio de nota, a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) informou que o detento teve direito à permissão de saída sob monitoramento eletrônico para consulta médica, conforme prevê a Lei de Execução Penal. Ainda segundo a Seres, a condução utilizada para o deslocamento do detento fica a critério dele.
Insegurança

Por conta da violência, o aplicativo de passageiros chegou a restringir o atendimento, deixando de disponibilizar motoristas para localidades consideradas perigosas. Na ocasião, o aplicativo informou que locais específicos ficariam indisponíveis por "questões de segurança pública". Em abril deste ano, três condutores de Uber foram assassinados na Região Metropolitana do Recife em menos de uma semana.

FOLHA PE
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário