sábado, 1 de julho de 2017

Outra mulher pode ter sido mordida por gato; Prefeitura do Recife faz mapeamento na área

Praça Oswaldo Cruz
Praça Oswaldo CruzFoto: Cortesia
A Prefeitura do Recife vai iniciar ações de bloqueio em um raio de cinco quilômetros da Praça Oswaldo Cruz, no bairro da Soledade, na área Central do Recife, onde um gato de rua teria mordido a empresária Adriana Vicente da Silva, de 35 anos. Ela é dona do pet shop Artevestepet e foi internada com suspeita de raiva humana no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc). Adriana tentava resgatar o animal quando ocorreu o incidente. Também há a informação de que outra mulher teria sido mordida pelo mesmo animal.

Parentes da empresária informaram que a possível vítima teria ido até o Huoc visitar Adriana na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Essa mulher teria informado, durante a visita, que acionou Adriana para fazer o resgate do animal e que também havia sido mordida. Logo após divulgar a informação, a mulher saiu correndo do hospital e não foi mais vista.
A PCR informou que vai realizar medidas ambientais e epidemiológicas. Todos os animais - domésticos e de rua - que estão no raio de cinco quilômetros serão vacinados. As pessoas que tiveram contato com Adriana também vão ser identificadas para a profilaxia (aplicação de vacina e/ou soro. A esposa da empresária, inclusive, já recebeu medicação na última quarta-feira (28).
Causa animal

Ativista da causa animal, Goretti Queiroz, alerta para a "vilanização" dos gatos de rua. "Já se sabe que é alto o índice de pessoas que mata gato, principalmente envenenado. Pode piorar se a população não se conscientizar que tem que fazer o seu papel no controle de natalidade dos bichos. Esperar um caso grave como esse para se vilanizar os animais de rua é lamentável", observou.

FOLHA PE
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário