terça-feira, 4 de julho de 2017

Greve: apenas 30% dos ônibus devem circular nesta terça (4)

Por TV Jornal



Os cerca de dois milhões de passageiros transportados diariamente, no Grande Recife, encontraram bastante dificuldade para se locomover pela Região Metropolitana, nesta segunda-feira (3), por causa da greve por tempo indeterminado de motoristas, cobradores e fiscais, decidida na última quinta-feira (29). Quem for precisar de ônibus nesta terça (4) também deve se programar, pois, segundo o Sindicato dos Rodoviários de Pernambuco, a greve vai continuar.

Após ser acionado pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE), que alegou que o efetivo minimo para atender à sociedade não estava sendo cumprido, o Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE) determinou, na tarde desta segunda (3), a circulação de 50% da frota em horário de pico, das 5h às 9h e das 16h às 21h, e de 30% nos outros horários.

A multa diária para o caso de descumprimento é de R$ 50 mil, no entanto, o Sindicato dos Rodoviários afirma que ainda não foi notificado sobre essa determinação, e que a circulação de veículos nesta terça-feira (4) será de 30% em todos os horários. Uma audiência de conciliação e instrução foi marcada para esta terça-feira (04), às 11h, na Sede do TRT6, para tentar um acordo entre as partes sobre as demandas dos trabalhadores.
Balanço

De acordo com o Grande Recife Consórcio de Transportes, pelo menos 1.300 ônibus deveriam ter circulado na manhã desta segunda (3), porém, apenas 17% dos veículos saíram das garagens das empresas. O sindicato nega, e afirma que 30% da frota atendeu a população.
Reivindicações

A categoria pede 7% de correção no piso salarial, 25% de aumento no vale alimentação e manutenção de cobradores nos coletivos. Após cinco tentativas de acordo, não houve avanço. Atualmente, um motorista ganha R$ 2.133,01, o salário do cobrador é R$ 971,97, e fiscais e despachantes recebem R$ 1.366,40. O valor do tíquete alimentação é R$ 225.
Urbana

Confira, na íntegra, a nota do  Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Pernambuco (Urbana-PE) sobre o funcionamento do transporte público durante a greve dos rodoviários, iniciada nesta segunda (3):

"A Urbana-PE informa que recebeu comunicação do órgão gestor do transporte público na Região Metropolitana do Recife, o Grande Recife Consórcio de Transporte, determinando operação de 50% da frota nos horários de pico (5h às 09h e 16h às 20h) e 30% nos demais horários, durante a greve deflagrada pelo Sindicato dos Rodoviários, a fim de evitar transtornos e prejuízos irreversíveis à população. Entretanto, a frota máxima em operação na manhã desta segunda-feira, 03 de julho, foi de 25% do total programado. A Urbana-PE também informa que já ingressou com pedido de julgamento do dissídio coletivo da categoria junto ao Tribunal Regional do Trabalho.

Ao longo das últimas semanas, houve um esforço do sindicato para chegar a um acordo junto aos trabalhadores rodoviários buscando-se uma solução que atendesse ao máximo aos interesses da categoria, sem esquecer, entretanto, a atual realidade do setor de transporte público. A Urbana-PE reforça que não medirá esforços para garantir a continuidade da prestação de um serviço essencial e minimizar eventuais transtornos à sociedade."


PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário