segunda-feira, 5 de junho de 2017

Sem brilho, Sport perde do Avaí e fica longe do G4

Em partida pelo Brasileirão, Avaí e Sport se enfrentaram
Em partida pelo Brasileirão, Avaí e Sport se enfrentaramFoto: Assessoria do Avaí/divulgação
Apático e sem alma, o Sport caiu por 1x0 diante do Avaí neste domingo (04), no estádio da Ressacada, em Florianópolis, e sofreu a sua segunda derrota no Brasileirão. Com o revés, o Leão estacionou nos quatro pontos e deve cair algumas posições no decorrer desta quinta rodada da Série A, onde os leoninos iniciaram em 12º lugar.
Essa foi a primeira derrota de Vanderlei Luxemburgo sob o comando do time, já que na estreia empatou com o Botafogo, na eliminação da Copa do Brasil. Fazendo jus á fama de "levanta-defunto" dos rubro-negros, a equipe catarinense não havia marcado sequer um gol nesta Série A.
Diante de um adversário limitado tecnicamente, o Sport conseguiu ter mais volume de jogo durante toda a primeira metade do primeiro tempo, mesmo atuando como visitante. Com ias posse de bola, o Leão tinha tudo para criar boas oportunidades, mas tudo era comprometido pela quantidade excessiva de passes errados, um problema detectado por Vanderlei Luxemburgo logo após comandar o primeiro jogo.
Assim, a primeira finalização leonina veio com apenas 20 minutos de jogo, com Rithely chutando de esquerda para o goleiro fazer boa defesa. Dois minutos depois, Fabrício bateu escanteio com veneno e Betão tirou na linha, evitando um gol olímpico.
Além de comprometer a parte ofensiva, os erros de passes também geravam os contra-ataques para o Avaí, que conseguia aproveitar isso para chegar com perigo. E foi assim que aos 28 Rithely perdeu bola e Júnior Dutra bateu com perigo, assustando Magrão. Porém, aos 32 minutos não teve jeito. Após driblar Fabrício com facilidade, o lateral Capa cruzou rasteiro, a bola desviou em Ronaldo Alves e sobrou para Rômulo, livre de marcação, chutar sem chance para Magrão: 1x0. O gol animou os catarinenses, com Júnior Dutra arrancando tinta da trave leonina.
Insatisfeito, Vanderlei Luxemburgo fez duas alterações para o segundo tempo, sacando o nulo Rogério e Osvaldo para acionar Thomás e Thallyson. As mudanças resultaram numa evolução leonina. Porém, mais uma vez, faltou o último passe. Na primeira jogada construída por completo, aos 19 minutos, Evandro bateu cruzado para a boa defesa do goleiro catarinense. Mais uma vez, o Leão tinha a posse de bola, mas parecia não saber o que fazer com ela, sem conseguir criar nenhuma nova chance clara para empatar a partida.
FICHA DO JOGO
Avaí 1

Maurício Kozlinski; Diego Tavares, Betão, Alemão e Capa; Luan, Judson (Simião) e Juan; Marquinhos (Lourenço), Júnior Dutra (Williams) e Rômulo. Técnico: Claudinei Oliveira

Sport 0

Magrão; Fabrício (Marquinhos), Ronaldo Alves, Durval e Evandro; Anselmo, Rithely e Diego Souza; Osvaldo (Thomás), André e Rogério (Thallyson). Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Local: Estádio da Ressacada (SC). Árbitro: Wagner Reway (MT). Assistentes: Fábio Rodrigo Rubinho e Marcelo Grando (ambos do MT). Gol: Rômulo (aos 32 do 1ºT). Cartões amarelos: Betão, Alemão, Lourenço e Luan (Avaí). Anselmo, Rithely e Osvaldo (Sport). Púbico: 4.646. Renda: R$ 95.196,00.

http://www.folhape.com.br/esportes/sport/sport/2017/06/04/NWS,29931,66,548,ESPORTES,2191-SEM-BRILHO-SPORT-PERDE-AVAI-FICA-LONGE.aspx
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário