quinta-feira, 29 de junho de 2017

Policial do GOE foi morto ao intervir em assalto, no Curado II

Joselito Kehrle
Joselito KehrleFoto: Arthur Mota/ Folha de Pernambuco
A Polícia Civil explicou, na manhã desta quarta (28), que o policial Carlos Eduardo Fernandes de Lima (41), assassinado na noite da última terça (27), havia intervindo em um assalto, momentos antes, na avenida Leonardo da Vinci, bairro do Curado II. “Ele foi intervir em um assalto que os ocupantes do carro faziam contra duas mulheres que saíam de uma academia. Naquele momento, ele não sabia precisar o número de pessoas que estavam no veículo e foi recebido a tiros pelos meliantes”, descreveu o chefe da Polícia Civil, Joselito Kherle.
Kherle explicou que as investigações continuam, tanto com o Grupo de Operações Especiais (GOE) quanto com outras especializadas. “O policial morreu num confronto. Sabemos que nossa profissão é de risco, policiais são os que têm menor longevidade. Ele era muito atuante”.
Lotado no GOE, Carlos Fernando estava de folga quando foi morto pelos homens que estavam em um carro de passeio verde com placa clonada do Rio Grande do Sul. Ele ainda foi levado à UPA do Curado, localizada na mesma avenida, mas não resistiu aos ferimentos.

FOLHA PE
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário