sexta-feira, 2 de junho de 2017

Pirapama dobra volume de água e pode melhorar abastecimento na RMR

Por TV Jornal

Foto: Compesa
A Barragem de Pirapama, situada no Cabo de Santo Agostinho, Litoral Sul de Pernambuco, praticamente dobrou o seu volume de água nos últimos dez dias, passando de 44,67%, para 86,43%. Ela é a responsável por abastecer 35% da Região Metropolitana do Recife, como boa parte das áreas planas do Recife, Cabo de Santo Agostinho e bairros de Jaboatão dos Guararapes.
A expectativa da Compesa é de que, nos próximos dias, a barragem atinga 100% da capacidade do volume de água. Segundo a Companhia, com o volume de água acumulado até agora em Pirapama, já há tranquilidade para administrar o abastecimento de água nessas áreas até o próximo verão.
Outras barragens também tiveram incremento no volume de água acumulada com a chuva. As barragens de Tapacurá aumentou 13,26%, atingindo 44,02%. Já Duas Unas aumentou 14,62%, e nesta quarta-feira (31) apresentava 41,84% da capacidade total de reservação. A Barragem de Botafogo, em Igarassu, ainda não conseguiu elevar o nível de acumulação de água, registrando apenas o aumento de 1,7%, ficando com 15,34% da sua capacidade máxima.
No caso das barragens de Tapacurá e Duas Unas, os níveis de acúmulo de água ainda estão abaixo do esperado. A expectativa é que esse quadro mude até o fim do inverno, em julho.
De acordo com a Compesa, mesmo que as barragens de Tapacurá e Duas Unas consigam verter (sangrar), o rodízio nas cidades do Recife, São Lourenço da Mata, Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes não sofrerá alteração, uma vez que a Estação de Tratamento Castelo Branco (ETA Tapacura) já trabalha com a sua capacidade máxima de tratamento. A água acumulada nas barragens significa que não há risco de intensificar o rodízio e que se pode alcançar o próximo inverno, em 2018, com tranquilidade.

PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário