quinta-feira, 15 de junho de 2017

Mulher morta no Cabanga pode ser outra vítima do acusado de matar Mirella

Por TV Jornal
Reprodução/TV Jornal
A Polícia Civil divulgou que o comerciante Edvan Luiz da Silva, 32 anos, acusado de matar a fisioterapeuta Mirella Sena dentro de um flat em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, é suspeito de outro crime. O inquérito para investigá-lo foi reaberto porque ele é um dos investigados pela morte de outra mulher, no Recife, em 2013.
O crime teria acontecido em setembro, quando uma mulher foi encontrada degolada, dentro de um campo de futebol no Cabanga, também na Zona Sul. A suspeita era de que a mulher tivesse sido estuprada antes de ser morta, porque ela estava sem roupas. Na época, a perita criminal Leila Gouveia falou sobre as dificuldades para descobrir como foi a dinâmica do crime. Veja o que ela disse:
Três pessoas estão sendo tratadas como suspeitas pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia não passou detalhes do crime para não atrapalhar as investigações, mas informou que testemunhas estão sendo ouvidas.
"A Polícia Civil de Pernambuco informa que o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) está investigando a morte de uma mulher, ocorrida em 2013, no Recife. Ainda é prematuro afirmar a autoria. A Polícia Civil irá se pronunciar somente em momento oportuno, quando a divulgação das informações não colocar em risco as investigações", diz um trecho da nota da polícia.
A TV Jornal tentou contato com a defesa do comerciante, mas as ligações não foram atendidas. Edvan Luiz aguarda julgamento pela morte de Tássia Mirella Sena de Araújo, de 28 anos, no presídio de Igarassu.

Caso Mirella Sena

Edvan Luiz é único suspeito de assassinar a fisioterapeuta Tássia Mirella Sena de Araújo, de 28 anos, em abril deste ano. A jovem foi encontrada morta dentro do apartamento onde morava na Rua Ribeiro de Brito. Ela estava despida e com um corte profundo no pescoço provocado por uma faca.
De acordo com a polícia, o crime foi de "cunho sexual" e feminicídio. Mirella Sena teve as roupas arrancadas pelo comerciante Edvan Luiz da Silva, 32 anos, que era vizinho dela. "Por volta das 7h25, vizinhos ouviram gritos e pedidos de socorro, mobília sendo arrastadas e cômodos caindo", contou o delegado Francisco Océlio.
Nas investigações, a polícia concluiu que a vítima e o suspeito não tinham um relacionamento e mal se conheciam. Em depoimento, Edvan Luiz disse que tinha visto Mirella Sena cerca de duas vezes, mas que eles não mantiveram contato.

Pai de Edvan nega

Apesar dos indícios, o pai adotivo do comerciante Edvan Luiz da Silva, José Maurício Batista do Nascimento, 73 anos, nega as acusações e garante que estão tentando incriminar o filho. "Eu sei o filho que eu tenho. Ele é um bom menino, nunca me deu trabalho de nada. Nunca precisei chamar atenção dele. Quem quiser conhecer Edvan, vem aqui no bairro (de Brasília Teimosa) que todo mundo fala", defendeu.

PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

O Portal Bom Jardim é um site de notícias da cidade de Bom jardim/PE, que prima pela qualidade das informações, pois considera importante qualificar as discussões nas suas áreas de maior abrangência. Visando oferecer aos internautas conteúdos até então pouco explorados regionalmente! Há 3 anos no mercado, buscamos dia a dia aperfeiçoar e ampliar nosso universo de noticias. Por todos estes motivos é que o site Portal Bom Jardim é um espaço viável para receber o seu anúncio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário