domingo, 18 de junho de 2017

Defesa Civil contabiliza cerca de 750 moradias em área de alto risco após enchentes

Fonte: G1
Defesa Civil de Pernambuco contabilizou cerca de 750 moradias avaliadas como risco grau 4, ou seja, em área de alto risco, em nove dos municípios atingidos pelas chuvas no estado. O balanço foi divulgado neste sábado (17), após a reunião do gabinete de crise implantando pelo governador Paulo Câmara para acompanhar a situação das cidades afetadas pelas enchentes.
Pernambuco conta ainda com 2.064 pessoas desabrigadas e outras 33.779 desalojadas – mais de 55 mil chegaram a ficar fora de casa devido às chuvas. Ao todo, 27 municípios estão em emergência devido às enchentes no estado.
Nos locais identificados como de alto risco, a Defesa Civil pretende utilizar a tecnologia de geomanta para impermeabilizar as barreiras e evitar deslizamentos. O governo espera conseguir R$ 30 milhões com a União para a utilização da tecnologia. Além disso, devem ser aplicados cerca de 170 mil metros de lonas.
A meta é beneficiar 3.750 pessoas dos municípios de Catende, Belém de Maria, Sirinhaém, Joaquim Nabuco, Cortês, Ribeirão, Jaqueira, Maraial e São Benedito Do Sul com a utilização da geomanta.
Chefe da Casa Militar, o coronel Eduardo Pereira ressalta que a tecnologia foi escolhida para evitar que as pessoas precisem sair das suas casas, uma vez que ela oferece a segurança necessária, além de ter um custo e tempo muito menor do que a construção de novas moradias.
Os locais escolhidos foram visitados por equipes com engenheiros e geólogos, que estudaram as características de cada encosta para saber em quais cabem a colocação e, também, escolheu-se as áreas que abrigam uma quantidade maior de pessoas.
Operação Prontidão
As equipes do governo pernambucano distribuíram 178,4 mil metros quadrados de lonas; 12.790 kits dormitórios; 12.318 colchões; 203,7 toneladas de alimentos; 250,6 mil litros de água; 10.159 kits de limpeza; 5 mil kits de higiene; e 112,4 toneladas de roupas.
Um mutirão também vem sendo realizado para emitir novamente os documentos perdidos pela população nas enchentes, que atingiram principalmente a Mata Sul e o Agreste do estado. No total, foram emitidos mais de 1.800 documentos, entre registros de nascimento (877), comprovantes de CPF (135), carteiras de identidade (800), registros de casamento (60) e certidões de óbito (5).
Medidas
Nessa semana, o governo anunciou que vai antecipar o pagamento de 50% do 13º salário para servidores estaduais que moram nas 23 cidades mais prejudicadas pelas chuvas ocorridas no fim de maio. O dinheiro será depositado na quinta-feira (29).
Na quinta-feira (15), foi anunciado que mais três prefeituras cancelaram os festejos juninos por causa dos danos provocados pelas chuvas e enchentes. São elas: São José da Coroa Grande, Sirinhaém e Tamandaré. Até a quinta-feira (8), já tinham anunciado a desistência dos festejos Barreiros, Ribeirão e Rio Formoso
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário