sábado, 10 de junho de 2017

Com desempate de Gilmar Mendes, TSE absolve chapa Dilma-Temer

Placar ficou 4 a 3 contra a cassação da chapa acusada de abusos dos poderes político e econômico durante as eleições presidenciais de 2014
Presidenta Dilma durantes desfile em carro aberto antes de jurar a constutuição no congresso. Foto: Lula Marques / Fotos Públicas
O Tribunal Superior Eleitor (TSE) decidiu nesta sexta-feira (9/6) pela absolvição da chapa Dilma-Temer. Por 4 a 3, a chapa foi considerada inocente das acusações de abusos dos poderes político e econômico durante as eleições presidenciais de 2014.
O ministro Herman Benjamin, relator da ação, votou pela cassação da chapa Dilma-Temer, assim como o ministro Luiz Fux e a ministra Rosa Weber.
Gilmar Mendes, presidente do TSE, votou a favor da absolvição, seguindo os votos dos ministros Tarcísio Vieira, Napoleão Nunes Maia e Admar Gonzaga. “Não brinquemos de Américo Pisca-Pisca (personagem de Monteiro Lobato que ‘tinha o hábito de pôr defeito em todas as coisas’, do texto O Reformador do Mundo), com o devido respeito”, justificou seu voto de desempate contra a cassação da chapa Gilmar Mendes.
Benjamin considerou que “não há dúvidas” de que a campanha de 2014, que reelegeu Dilma Rousseff (PT) e Temer, recebeu doações irregulares, tanto por meio de caixa dois (doações não declaradas) quanto por doações oficiais feitas com dinheiro de propina do esquema de corrupção da Petrobras.
Primeiro a votar nesta tarde, Napoleão Nunes Maia declarou seu voto “pela improcedência total pelos pedidos formulados”.
Em seu voto, o ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto não levou em consideração os depoimentos dos delatores da Odebrecht e do casal João Santana e Mônica Moura, por entender que a lei eleitoral não permite a inclusão desses elementos do processo.
O ministro Admar Gonzaga disse que os fatos são “gravíssimos”, mas “merecem apuração em sede própria”, ou seja, fora da Justiça Eleitoral.
Fux acolheu as conclusões do relator Herman Benjamin, reafirmando que nenhum dos ministros conhece o processo tão bem quanto ele.”Ninguém elege vice, só se elege uma chapa”, afirmou.
Logo no começo de seu momento de fala, que durou cerca de 1 hora, Rosa Weber anunciou que acompanharia o relator Herman Benjamin.

http://www.jornalopcao.com.br/ultimas-noticias/com-desempate-de-gilmar-mendes-tse-absolve-chapa-dilma-temer-96956/
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

O Portal Bom Jardim é um site de notícias da cidade de Bom jardim/PE, que prima pela qualidade das informações, pois considera importante qualificar as discussões nas suas áreas de maior abrangência. Visando oferecer aos internautas conteúdos até então pouco explorados regionalmente! Há 3 anos no mercado, buscamos dia a dia aperfeiçoar e ampliar nosso universo de noticias. Por todos estes motivos é que o site Portal Bom Jardim é um espaço viável para receber o seu anúncio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário