domingo, 25 de junho de 2017

Caminhoneiro desaparece, e carro dele é encontrado carbonizado, com corpo dentro

Um caminhoneiro está desaparecido desde a manhã de sexta-feira, quando saiu de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, em direção a Del Castilho, na Zona Norte do Rio de Janeiro.
Horas depois de Edenis Rodrigues Salvador, de 40 anos, fazer contato pela última vez com a Ipeoleo, empresa onde trabalha, o carro em que ele estava foi encontrado carbonizado, com um corpo dentro, na Avenida Pastor Martin Luther King Junior, em Vicente de Carvalho, também na Zona Norte.
Um gerente da Ipeoleo afirmou que a companhia foi contactada pela Polícia Civil, após a checagem da placa do veículo indicar que ele pertencia à empresa.
A Polícia Civil, no entanto, confirma apenas que um corpo foi encontrado no local, e que a Delegacia de Homicídios investiga o caso.
Gabriel de Araújo, genro de Edenis, afirma que o corpo está irreconhecível. Ele entrou em contato com o EXTRA por meio do WhatsApp do jornal (21 99644 1263).
— Eu vi o corpo no IML (Instituto Médico Legal), está irreconhecível. Não tem como fazer nenhum reconhecimento visual, nem de arcada dentária, nem de digital — explica.
Edenis Rodrgues Salvador dirigia de Duque de Caxias para Del Castilho quando sumiu
Edenis Rodrgues Salvador dirigia de Duque de Caxias para Del Castilho quando sumiu

Família tem esperança de encontrar motorista

Rafael Evangelista, gerente da Ipeoleo, explica que a última vez que Edenis entrou em contato com a empresa foi para relatar uma batida. O motorista, que geralmente trabalha como caminhoneiro, estava em uma picape, levando peças de um caminhão para o conserto.
— Ele saiu para levar alguns materiais em Del Castilho, por volta de 9h. Por volta de 10h30, ele ligou dizendo que tinha acontecido uma batida, mas que não seria nada grave, pedindo apenas instruções do que fazer, para onde ligar — relata.
Depois disso, como o motorista demorou a chegar no destino, eles tentaram ligar para ele, mas não conseguiram mais localizá-lo. O veículo tinha um rastreador, mas o mecanismo parou de funcionar — o que Rafael acredita que aconteceu após o carro ser carbonizado.
Gabriel reconhece que a probalidade é grande do corpo encontrado ser de Edenis, mas ressalta que a família ainda tem esperança de achá-lo:
— Não sabemos o que fazer. A maior probabilidade é do corpo ser dele. Foi encontrado no carro em que ele estava dirigindo, ele não entrou em contato com a família. Mas temos a esperança de não ser ele — destaca.

Leia a nota da Polícia Civil na íntegra:

"A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) investiga a morte de uma pessoa, ainda sendo identificada, que foi encontrada carbonizada no interior de um veículo na Av. Pastor Martin Luther King Junior, altura do nº 6.475, em Vicente de Carvalho. Perícia foi realizada no local. Diligências estão em andamento para apurar as circunstâncias e a autoria do crime."

EXTRA
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário