sexta-feira, 12 de maio de 2017

Paulista diz que Mirabilandia não causa prejuízo ambiental

LeiaJá
Chico Peixoto/LeiaJáImagens . Chico Peixoto/LeiaJáImagens
O impasse envolvendo a competência do licenciamento ambiental para a instalação do Parque Mirabilandia em Paulista foi o tema central de uma sessão extraordinária na Câmara de Vereadores do município nesta quinta-feira (11). Ao longo de quase três horas, o secretário de Meio Ambiente Leslie Tavares defendeu que a instalação do Mirabilandia não provoca prejuízos ambientais ao Recife - uma vez que a obra é considerada intermunicipal pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) -. "Se houvesse qualquer tipo de problema dessa natureza, o que não deve acontecer por conta da qualidade do projeto, tudo se restringiria a Paulista, já que o parque está totalmente situado na cidade", disse.
O novo parque de diversões irá ocupar uma área de 27 hectares, no antigo Engenho Jardim, na Mata do Ronca, BR-101. A obra, porém, foi embargada pelo MPPE. O órgão entende que o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) da instalação do empreendimento teria ignorado os impactos intermunicipais e que, diante dessa situação, a competência passaria a ser do Estado, ou seja, da Agência Pernambucana de Meio Ambiente (CPRH).
De acordo com o representante da Secretaria de Meio Ambiente do Recife, Rômulo Faria, presente na sessão, a obra não atinge os limites da capital. "Realizamos um estudo criterioso sobre essa questão, inclusive, devolvemos o ofício para que Paulista apresentasse quando necessário, e não identificamos nenhum tipo de problema relacionado ao projeto de instalação do empreendimento. Isso significa que Recife não será prejudicado em nada", afirmou.
Segundo o presidente da Câmara, Fábio Barros, uma comissão de vereadores irá procurar a Promotoria de Meio Ambiente do Ministério Público e acompanhará o processo de judicialização, caso a situação não seja resolvida após articulação institucional. A Prefeitura do Paulista está entre as seis da Região Metropolitana que possuem autonomia para fazer o licenciamento ambiental, porém, nesse caso, a atribuição está suspensa pelo MPPE.
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

O Portal Bom Jardim é um site de notícias da cidade de Bom jardim/PE, que prima pela qualidade das informações, pois considera importante qualificar as discussões nas suas áreas de maior abrangência. Visando oferecer aos internautas conteúdos até então pouco explorados regionalmente! Há 3 anos no mercado, buscamos dia a dia aperfeiçoar e ampliar nosso universo de noticias. Por todos estes motivos é que o site Portal Bom Jardim é um espaço viável para receber o seu anúncio.