sábado, 27 de maio de 2017

Justiça decreta prisão preventiva de homem que agrediu a própria mãe de 84 anos


O bacharel em Direito Roberto Elísio Coutinho de Freitas teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, nesta sexta-feira, por conta das agressões físicas e psicológicas a que submeteu a própria mãe, uma idosa de 84 anos de idade. O decreto foi da juíza Oriana Gomes, titular da 8ª Vara Criminal de São Luís. Ele foi preso por policiais civis da Delegacia de Proteção ao Idoso, nesta manhã, na cidade de Raposa, que fica na Região Metropolitana de São Luís.
Além da prisão, a decisão da Justiça determina ainda que Roberto Elísio não tenha mais acesso a residência da vítima, em um condomínio na capital, e que ele mantenha uma distância mínima de mil metros da idosa.
A decisão judicial foi possível depois que a delegada de Polícia Civil Igliana Freitas representou contra Roberto Freitas visando à integridade física da idosa. O promotor de Justiça de Defesa do Idoso, José Augusto Cutrim, reforçou o pedido de prisão.

PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário