quarta-feira, 3 de maio de 2017

Homem denuncia hospital após ter rim retirado no lugar do baço

Por TV Jornal

Reprodução/TV Jornal
O comerciante Cleiton Oliveira, de 29 anos, acusa a equipe médica do Hospital Regional do Agreste, localizado em Caruaru, de ter cometido um erro: o homem diz que teve um rim retirado em cirurgia que serviria para a extração do baço. O procedimento ocorreu em 2008 após o comerciante sofrer um acidente de moto.
Segundo Cleiton, ele deu entrada na unidade de saúde para fazer uma cirurgia no cotovelo, mas os médicos informaram, na época, que por causa de uma hemorragia era preciso retirar o baço. "Foram cinco, sete horas de cirurgia. No outro dia, o médico disse: 'Você perfurou o baço e a gente teve que remover'", conta.
Quatro anos depois, o comerciante passou a apresentar sintomas como pressão alta e cansaço excessivo, até que um dia precisou ser socorrido e foi aí que veio a surpresa. “Fui para um aniversário, exagerei em algumas coisas e no outro dia, no trabalho, senti uma dor forte no abdômen chegando a desmaiar; fui levado para o hospital. O médico perguntou o que tinha sido essa cirurgia no meu abdômen e eu disse que foi um acidente de moto, tive uma hemorragia interna e foi retirado o meu baço. Aí ele disse que meu baço estava aqui, mas estava faltando um dos meus rins”, relatou.
Cleiton chegou a procurar o Hospital Regional em busca do prontuário médico, mas foi informado que o documento tinha sido extraviado. “Eles disseram que o meu prontuário sumiu, me enviaram uma declaração dizendo que eu estive no hospital e fiz dois procedimentos, só que eu saí de lá lesado e estou até hoje”. O comerciante procurou um advogado e entrou com uma ação de indenização por danos morais em 2012. O juiz do caso condenou o Estado a indenizar Cleiton em R$ 100 mil. Porém, o hospital recorreu. Desde então, o comerciante luta na Justiça para provar o suposto erro médico. 
Em nota, a direção do Hospital Regional do Agreste afirmou que o paciente foi atendido na unidade e recebeu toda a assistência necessária. Ainda informou que está à disposição das autoridades para mais esclarecimentos.

PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário