segunda-feira, 8 de maio de 2017

Corpo de criança morta em acidente na BR-101 é enterrado

Por TV Jornal/ Com informações do repórter Leopoldo Monteiro

Reprodução/TV Jornal
Foi enterrado, na tarde deste domingo (7), o corpo da estudante de 8 anos que morreu em um acidente envolvendo uma Kombi e um carreta na BR-101, em Igarassu. O sepultamento ocorreu no Cemitério de Abreu e Lima, no Grande Recife.
No velório de Ariely Maria de Lima, os familiares afirmaram que a tragédia poderia ter sido evitada. De acordo com a mãe da garota, testemunhas contaram que a carreta só tombou porque o motorista estava em alta velocidade.
O irmão da menina, um garoto, de 9 anos, conseguiu sobreviver ao acidente. Ele foi retirado das ferragens pelos bombeiros e teve apenas algumas escoriações pelo corpo. Os pais de Ariely são separados e a garota vivia com o pai e a madrasta, a autônoma Sandra Pereira da Silva, de 24 anos, que também morreu no acidente.
Sandra estava grávida de seis meses. Ela havia saído de casa, em Abreu e Lima, com os enteados, para fazer compras em um supermercado, em Cruz de Rebouças, Igarassu. No caminho, na BR-101, uma carreta carregada de botijões de gás tombou sobre a Kombi que Sandra estava com as crianças.
Ainda nesse domingo, o marido de Sandra e pai de Ariely, não conseguiu liberar o corpo da esposa, que está no Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, na área central do Recife.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o motorista da carreta foi localizado e fez o teste do bafômetro. O resultado deu negativo. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Paulista, onde prestou depoimento. A Polícia Civil vai investigar o caso.
Ariely Maria de Lima (esquerda), 8 anos, acompanhada do pai e da madrasta, a autônoma Sandra Pereira da Silva, de 24 anos, que também morreu no acidente
Ariely Maria de Lima (esquerda), 8 anos, acompanhada do pai e da madrasta, a autônoma Sandra Pereira da Silva, de 24 anos, que também morreu no acidente
Reprodução/TV Jornal
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário