quarta-feira, 17 de maio de 2017

BRTs deixam de parar em estações entre Olinda e Paulista devido aos buracos

Por TV Jornal

Reprodução/TV Jornal
Os passageiros que utilizam as paradas do sistema Bus Rapid Transit (BRT), entre as cidades de Olinda e Paulista, no Grande Recife, denunciam que os coletivos deixaram de atender quatro paradas por conta dos buracos. Por conta disso, muitos estão tendo que se descolar para uma estação mais a frente para fazer o desembarque.
O trecho desatendido pelos coletivos, apenas no sentido Olinda/Paulista, vai do bairro da Cidade Tabajara até o Hospital Central, pouco antes da Vila Torres Galvão. "Acaba prejudicando o passageiro, por que as vezes a parada fica próxima da casa do cidadão e não tem condições de descer. Fica difícil", contou o técnico em telefonia, Adonias Silva.
A superlotação e o medo dos assaltos é outra reclamação comum entre muitos usuários. "Tem assalto direto e ainda tem pouco ônibus. Tem mais gente usando e tem pouco ônibus. Deveria ter mais", conta a vendedora Ana Rita.
Por meio de nota, a Secretaria das Cidades informou, que as obras para solucionar o problema dos buracos nas quatros estações serão realizadas depois do período das chuvas. Já o Grande Recife Consórcio disse, que os passageiros estão sendo orientados a desembarcar no terminal da PE-15 e fazer o trajeto do trecho interditado nas linhas convencionais, para fazer o desembarque nas paradas próximas as estações BRT.

PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário