domingo, 7 de maio de 2017

Adolescentes desaparecidas em Jaboatão são encontradas em Carpina

Meninas disseram que iam à escola e não voltaram para casa
Meninas disseram que iam à escola e não voltaram para casaFoto: Divulgação
As quatro adolescentes de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, que estavam desaparecidas foram encontradas pela polícia neste sábado (6), em Carpina, na Mata Norte de Pernambuco - distante 45 km da capital. Jamile Melo Delgado e Tainá Cecília Rufino da silva, ambas com 12 anos, Ana da Costa, 13 e Mikaela Maria do Nascimento, 16, todas amigas de infância e moradoras do bairro de Cajueiro Seco, estavam sumidas desde a última terça-feira (2). Elas falaram aos pais que iriam à escola e não retornaram para casa. Um delas chegou a deixar um bilhete de despedida para a família.
De acordo com a delegada Vilaneida Aguiar, do Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA), que investiga o caso, denúncias anônimas ajudaram a localizar as meninas, que serão trazidas para Jaboatão ainda neste sábado. "Aparentemente, elas estão bem, sem nenhum ferimento ou lesão grave. Ainda vamos conversar com elas com calma, e os detalhes serão apresentados à imprensa na próxima segunda [8]", disse a delegada.
A polícia começou a investigar o desaparecimento na última sexta (6). Segundo a delegada, os pai contaram que as filhas saíram fardadas de casa, mas não chegaram à escola - elas estudam em locais diferentes em Cajueiro Seco – e desde então não voltaram nem deram notícia aos familiares. Antes de sair, as garotas levaram mochilas, com roupas, utensílios de beleza, como chapinha, e produtos de higiene pessoal.
A carta foi deixada por Jamile, mas ela não esclareceu o motivo da fuga. Por este motivo, a delegada descartou sequestro. A delegada preferiu não divulgar o conteúdo do bilhete para não atrapalhar as investigações.
Professores, amigos e parentes das meninas foram ouvidos no DPCA. A delegada informou que duas delas já haviam se comunicado com colegas neste período de sumiço. O grupo também foi visto por um motorista de Kombi, que fazia o trajeto Paudalho e Carpina. Elas teriam dito ao condutor ter apenas R$ 4 e queriam ir Limoeiro, no Agreste. Segundo os pais, nenhuma delas tem parentes no local.
As famílias moram próximas e as meninas se conhecem desde pequena. O pai de Tainá e padrinho de Jamile, José Roberto da Silva, afirmou que as adolescentes não tem problemas familiares e o sumiço foi uma grande surpresa.

 http://www.folhape.com.br/noticias/noticias/cotidiano/2017/05/06/NWS,26656,70,449,NOTICIAS,2190-ADOLESCENTES-DESAPARECIDAS-JABOATAO-SAO-ENCONTRADAS-CARPINA.aspx
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário