quinta-feira, 13 de abril de 2017

Lula diz que vazamentos são 'mentirosos'

LeiaJá
José Cruz/Agência Brasil/Arquivo José Cruz/Agência Brasil/Arquivo O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nessa terça-feira (11) ser vítima de "vazamentos mentirosos" todos os dias e que não aceita essa "bobagem toda" em torno de uma eventual prisão. As declarações foram dadas em entrevista à rádio Meio Norte, do Piauí, antes de o Estado divulgar as decisões do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, em relação às delações da Odebrecht.
O ex-presidente, que é alvo de seis petições de investigações criminais enviados para a primeira instância, disse que, se for necessário e o PT precisar, está disposto a ser novamente candidato a presidente do Brasil.
Na segunda-feira (10), em depoimento ao juiz Sérgio Moro, Marcelo Odebrecht, ex-presidente e herdeiro do grupo, afirmou que Lula era o "amigo" na planilha de propinas da empreiteira. "Todo santo dia tem vazamentos mentirosos, alguns canalhas vazando as coisas propositalmente, alguns canalhas divulgando da forma mais irresponsável possível, isso cansou o Brasil."
Lula voltou a falar que duvida que haja algum empresário no Brasil, "preso ou livre", que diga que "o presidente Lula pediu cinco centavos ou dez centavos para ele". "Não posso ficar aceitando essa bobagem de quando é que vão prender o Lula. Podem prender quem quiser para me denunciar. Eu estou muito tranquilo e espero que apresentem uma prova contra mim, só isso", disse o ex-presidente.
O petista afirmou que espera ter a oportunidade de prestar um depoimento e que os acusadores precisam ter provas contra ele para condená-lo, e não "convicção".
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário