quinta-feira, 13 de abril de 2017

Homem amarrado em poste após furto em trem já foi espancado outras duas vezes

A trajetória de Fabiano Maria Ferreira, de 26 anos, até ser agredido e amarrado num poste na tarde desta terça-feira dentro da estação de trem de Anchieta, na Zona Norte do Rio, é marcada por crimes e espancamentos. Nos últimos 15 anos, o jovem foi agredido duas vezes após ser acusado de roubos e furtos. Nesse período, ele já foi levado sete vezes a delegacias do Rio e de Niterói por policiais.
Por duas vezes, ele foi condenado — uma por furto e outra por roubo. Na terça-feira, após ser amarrado, Fabiano foi preso em flagrante por PMs do 41º BPM (Irajá). Ele aguarda audiência de custódia, que vai decidir se ele vai responder o novo processo em liberdade ou se vai ser encaminhado a um presídio.
Em 2004, aos 14 anos, ele foi espancado com tapas nas costas e na cabeça por um segurança de uma lanchonete em Niterói que o acusava de furtos no local. Já em março de 2014, após ser acusado de furtar o celular de uma mulher na frente da Central do Brasil, no Centro, Fabiano foi reconhecido pelo namorado da vítima — que após abordá-lo, o imobilizou. Na ocasião, Fabiano ainda afirmou aos agentes que vendeu o celular da vítima por R$ 90 para um camelô.
O furto de celular ocorreu no trajeto Central-Japeri
O furto de celular ocorreu no trajeto Central-Japeri Foto: Guilherme Pinto / Agência O Globo
Na última terça-feira, ele foi acusado de furtar o celular de uma das passageiras que usava o aparelho durante o trajeto Central-Japeri. A vítima, Talita da Silva Cabral, de 33 anos, que é estudante de Direito, estava indo para casa, em Nilópolis, na Baixada Fluminense. Ao chegar à estação de Anchieta, Fabiano tentou deixar a plataforma correndo, mas foi perseguido e capturado por um grupo de pessoas.
Fabiano nunca foi acusado de usar armas de fogo para cometer crimes. Numa ocasião, em julho de 2013, a vítima alegou, na delegacia, que Fabiano havia usado uma faca para roubá-la. Noutra, em janeiro de 2012, ele é acusado de dar uma gravata na vítima antes de roubar um colar. Em todas as oportunidades em que foi levado à delegacias, as vítimas eram mulheres.
Não foi a primeira vez que Fabiano foi preso numa estação de trem. Em janeiro deste ano, ele foi preso por policiais civis da 18ª DP (Praça da Bandeira) após ser acusado de furtar o celular de uma senhora na estação São Francisco Xavier. Como a vítima não foi encontrada pelos policiais, o jovem foi liberado em seguida.
Nas vezes em que foi levado a delegacias, Fabiano, quando perguntado sobre sua profissão, afirmou, por vezes, estar desempregado e, em outras, disse ser estudante. Disse ter cursado o Ensino Fundamental completo. Em 2013, uma prima denunciou o desaparecimento de Fabiano na 55ª DP (Queimados). Na ocasião, ele havia saído de casa e não voltou mais.

Extra
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

O Portal Bom Jardim é um site de notícias da cidade de Bom jardim/PE, que prima pela qualidade das informações, pois considera importante qualificar as discussões nas suas áreas de maior abrangência. Visando oferecer aos internautas conteúdos até então pouco explorados regionalmente! Há 3 anos no mercado, buscamos dia a dia aperfeiçoar e ampliar nosso universo de noticias. Por todos estes motivos é que o site Portal Bom Jardim é um espaço viável para receber o seu anúncio.