sábado, 11 de março de 2017

Pesquisa: peixe contaminado provocou a doença da urina escura na Bahia

Com informações do Estadão
Pacientes relataram que, após a ingestão do peixe, os sintomas surgiram em pouco tempo / Foto: Reprodução Pacientes relataram que, após a ingestão do peixe, os sintomas surgiram em pouco tempo Foto: Reprodução

Depois de 70 ocorrências registradas na Bahia sobre a doença misteriosa que provocava a urina escura, pesquisadores concluíram que se tratava da Síndrome de Haff - como já suspeitavam alguns médicos. Assim que apresentavam a doença, as pessoas se queixavam de fortes dores musculares.


Por meio de um estudo do material recolhido dos pacientes foi possível concluir o resultado. Os profissionais da saúde perceberam algo em comum entre a maioria dos pacientes que se queixava dos sintomas: a ingestão de um peixe identificado popularmente como olho de boi (Seriola spp). As pessoas relataram que, após a ingestão do alimento, os sintomas surgiram em pouco tempo. Algumas vítimas chegaram a ser internadas no estado.

Pelo menos 12 especialistas participaram das pesquisas, inclusive o infectologista Antonio Bandeira, também responsável pela identificação do zika vírus. O resultado foi encaminhado para publicação em revistas científicas internacionais.

A doença

A doença de Haff tem como característica as intensas dores musculares que surgem pouco tempo após a ingestão do peixe. Ela também escurece a cor da urina e, sem um atendimento médico imediato, pode levar o paciente à insuficiência renal.
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário