domingo, 5 de março de 2017

Papa Francisco lamenta uma 'certa mediocridade' na liturgia moderna

AFP
De acordo com ele, a música e os cânticos da missa devem estar plenamente inseridos dentro das linguagens artísticas e musicais contemporâneas. / Foto: VINCENZO PINTO / AFP De acordo com ele, a música e os cânticos da missa devem estar plenamente inseridos dentro das linguagens artísticas e musicais contemporâneas. Foto: VINCENZO PINTO / AFP
O papa Francisco lamentou neste sábado (4) que o anseio pela modernidade e pelo abandono do latim tenham trazido "certa mediocridade" à liturgia, declarou em um congresso sobre música sacra. "O encontro com a modernidade e a introdução das línguas faladas (de cada país substituindo o latim) na liturgia geraram muitos problemas", considerou o pontífice argentino.



"Tem prevalecido certa mediocridade, superficialidade e banalidade em detrimento da beleza e intensidade das celebrações litúrgicas", disse. Francisco ressalta que a Igreja deve defender e enaltecer a riqueza da música sacra, evitando ter uma visão "nostálgica" em relação a ela.
De acordo com ele, deve-se ter o intuito de tornar que a música e os cânticos da missa "estejam plenamente inseridos dentro das linguagens artísticas e musicais atuais, para fazer vibrar o coração de nossos contemporâneos", insistiu.
Para isso, o papa fez uma chamada aos músicos, compositores, diretores dos corais de todo o mundo, para que possam contribuir com "uma renovação qualitativa" do canto litúrgico, e requisitou uma formação musical adaptada para os futuros sacerdotes, "em um diálogo com as correntes musicais de nossa época".
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário