sexta-feira, 3 de março de 2017

Grávida, mãe com câncer abre mão do tratamento para preservar o filho

Foto: Reprodução/Mirror
Foto: Reprodução/Mirror
“Esta é a minha chance de fazer algo realmente bom da minha vida”. Esse é o depoimento de uma mãe de 17 anos com um tipo raro de câncer, que se recusou a passar por um procedimento que prolongaria sua vida e colocaria a de seu bebê em risco. Rhianna Truman estava grávida quando o tratamento foi oferecido e agora, apesar do pouco tempo que lhe resta, celebra os quatro meses do filho na Nova Zelândia.
Segundo o Mirror, Rhianna foi diagnosticada em 2012 com adamantinoma ósseo, um tumor maligno. No mesmo ano ela passou por uma cirurgia para remover o câncer. Apesar do sucesso àquela época, em 2015 ela foi informada que a doença se espalhou pelos seus pulmões e que ela tinha poucas chances de sobreviver a isso.
No ano seguinte, a jovem engravidou. “Quando descobri o câncer, fiquei aterrorizada. Quando descobri a gravidez, no entanto, pensei que essa seria a minha chance de ser uma mãe orgulhosa e de ter alguém que se orgulhasse de mim”, afirmou.

Futuro

Em visita ao médico, na última semana, Rhianna foi alertada de que não lhe resta muito tempo com seu pequeno Daeshaun, como batizou o filho. “Há dias em que sequer durmo por ter medo de não acordar novamente”, disse.
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário