terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Estudante sequestrado em porta de colégio nas Graças identifica suspeitos




Reprodução/TV Jornal
O estudante de 13 anos, que foi sequestrado por dois homens quando saía de um colégio particular no bairro das Graças, na Zona Norte do Recife, prestou depoimento na Delegacia de Casa Amarela na tarde desta segunda-feira (20). Acompanhado pelo pai, o menino reconheceu os suspeitos através de imagens captadas por câmeras da Secretaria de Defesa Social (SDS). O empresário que resgatou a criança também esteve na delegacia para fazer o reconhecimento.
"De imediato, o estudante apontou: esses dois me obrigaram a acompanhá-los. Nem ele e nem o empresário têm dúvidas da identificação dos suspeitos", disse o delegado Paulo Rameh. As imagens não foram divulgadas. O delegado agora trabalha para identificar os dois homens que continuam soltos. No depoimento, a criança ainda confirmou a versão dada pelo empresário que o salvou, e deu detalhes dos momentos de terror que viveu enquanto estava sendo ameaçada pelos suspeitos. "Os homens diziam para ele (o estudante) não olhar para trás e não chamar a atenção dos transeuntes. Então, por isso, ele acabou aceitando o comando (dos suspeitos) e seguiu muito nervoso e com medo", comentou o delegado.

O caso

A vítima tinha acabado de sair de um colégio particular, no bairro das Graças, na Zona Norte do Recife, e seguia para casa quando foi abordada por dois homens próximo ao Parque da Jaqueira, na última quinta-feira (16). Ela ficou entre os suspeitos e, sob ameaça de morte, foi obrigada a andar cerca de um quilômetro. Chegando no bairro da Torre, um homem que passava pelo local de carro, desconfiou da situação e decidiu ajudar o menino. A população tomou conhecimento do caso, depois que um áudio gravado pelo empresário foi compartilhado pelo aplicativo WhatsApp.
PORTAL BOM JARDIM
PORTAL BOM JARDIM

Nenhum comentário:

Postar um comentário